Evento promovido pelo Ires reuniu comunidade surda de todo o país, em Maceió

O II Encontro Comemorativo do Dia Nacional do Surdo: “O Digital Influencer e o Empoderamento da Comunidade Surda” superou todas as expectativas. O evento, promovido pelo Instituto Bilíngue de Qualificação e Referência em Surdez (Ires) em parceria com a Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais (AAPPE), reuniu quase 250 pessoas nos dois dias de programação, entre membros da comunidade surda e ouvintes.

O evento nasceu com o objetivo de promover a visibilidade e empoderar a comunidade surda, principalmente a alagoana. Em sua segunda edição, acumulou grandes resultados, a exemplo de inscritos de diversas partes do Brasil, como Curitiba, São Paulo, Fortaleza, João Pessoa, Recife, Salvador, Aracaju, além do interior de Alagoas.

Segundo a psicóloga, coordenadora do setor de Empregabilidade para PcD do Ires e uma das organizadoras ouvintes do evento, Aline Trindade, o II Encontro trouxe grande reconhecimento para a luta da comunidade surda.  “Tivemos um número muito grande de pessoas interessadas em participar do evento, o que nos mostrou um alcance a nível nacional incrível. Tivemos ainda blogueiros de São Paulo divulgando o nosso encontro, apenas para prestigiar o momento. E tudo isso para nós é muito gratificante, pois mostra que o mesmo estava atrativo a ponto das pessoas se deslocarem de tão longe para participar”, disse.

Alcance nacional 

O paulista Daniel Santos, de 21 anos, veio de São Paulo para participar da Oficina de Slam, no segundo dia do evento. O jovem contou que ficou sabendo sobre o encontro através da página do Ires no instagram quando alguns amigos compartilharam as oficinas que aconteceriam no Instituto. Ele, que é surdo, disse o quanto a oficina foi importante para agregar ainda mais conhecimento a sua vida. “O evento foi importante para conhecer um pouco mais da comunidade surda daqui, além de adquirir ainda mais conhecimento através o Ires. E a oficina, nossa, gostei bastante, porque nos transmitiu muito conhecimento, informações novas. Eu queria ter esse contato, aprender coisas novas, coisas que eu não sabia e encontrei tudo isso aqui”, afirmou Daniel.

O II Encontro Comemorativo do Dia Nacional do Surdo reuniu 10 palestrantes surdos que discursaram sobre os desafios da comunidade surda, a atuação do surdo no mercado de trabalho e o empoderamento nas redes sociais apenas no primeiro dia. O segundo dia ofertou um momento de integração entre surdos e ouvintes através das oficinas. Mesmo sendo o primeiro evento realizado todo em Língua Brasileira de Sinais (Libras), em Alagoas, o Ires disponibilizou seis intérpretes para tornar o evento acessível para os ouvintes que prestigiaram e participaram do evento.

Isabel Alvim, professora do curso de Libras e do Atendimento Educacional Especializado (AEE) do IRES, foi uma das coordenadoras surdas do evento e lembrou a importância do encontro para a comunidade surda. “Os dois dias foram maravilhosos. As palestras foram incríveis, cada palestrante com tanto conhecimento para passar, tantas referências para a comunidade surda. O evento nos mostrou o quanto devemos apoiar e incentivar um ao outro. Foi muito emocionante”, contou ela.

Confira mais algumas fotos do evento: