Projeto Entre-surdos: Ires realiza série de lives para aproximar aluno e família do ambiente escolar durante a pandemia

Com o objetivo de desenvolver atividades dinâmicas e aproximar os alunos surdos, ouvintes e seus familiares do ambiente escolar durante a pandemia causada pela Covid-19, o Instituto Bilíngue de Qualificação e Referência em Surdez (Ires) desenvolveu o projeto Entre-surdos, que consiste em uma série de debates virtuais a serem realizados nas próximas sextas-feiras, iniciando nesta, dia 28. Todas as lives ocorrem sempre no mesmo horário, a partir das 15h, com transmissão pelo instagram oficial do Ires. 

O projeto Entre-surdos nasceu devido a necessidade de adaptação do ambiente escolar em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), que acabou por distanciar os alunos da sala de aula, exigindo assim um ensino à distância.

Por isso que, além de promover um maior vínculo entre aluno e família, os debates online pretendem, ainda, disseminar informação acessível para surdos e ouvintes, especialmente os que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Segundo a coordenadora pedagógica do Ires, Simone Gabriela dos Santos, o projeto consiste inicialmente na realização de três debates online, que serão realizados nas próximas sextas-feiras, iniciando já nesta semana, no próximo dia 28.

“A princípio serão realizadas essas lives com o propósito de trazer mais a família e os alunos para a escola neste momento de pandemia, para tirar dúvidas quanto a questões de saúde, comportamento, enfim. Depois, mediante a interação da família, vamos continuar com outras lives e outros temas”, explicou a coordenadora.

Primeira live

Abordando o tema “Surdez X Maternidade: relato de experiência”, o primeiro debate virtual acontece já nesta sexta-feira (28), a partir das 15h. A live conta com a participação da professora de Educação Física do ires, Larissa Oliveira, e como convidada, Agnes Barbosa, que é mãe surda com filho ouvinte. A transmissão da live será realizada pelo instagram do Ires e contará com acessibilidade de voz para os participantes ouvintes.

Sobre o Ires

O Ires nasceu com o objetivo de minimizar os prejuízos linguísticos da pessoa surda, estimulando-a desde os anos iniciais de vida, colocando-a em contato direto com a sua língua materna, a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Além desse contato, o Ires promove ainda a inclusão do surdo no mercado de trabalho, para que este possa exercer sua cidadania como qualquer outra pessoa.

Atualmente, o Ires atua nas seguintes áreas: educação, qualificação e inserção profissional, empregabilidade, defesa dos direitos e da comunicação dos surdos. O Instituto oferece também cursos de Libras, pois trabalha com uma proposta bilíngue multicultural, reconhecendo a Libras como a língua de educação do surdo.

Além de capacitar o surdo para a sociedade, o Ires prepara também a sociedade para receber e lidar com o surdo, através de formação de instrutores e intérpretes de Libras; formação de professores ouvintes e surdos; de equipes técnicas especializadas na área de surdez; qualificação e inserção do surdo no mercado de trabalho.

25/08/2020

Fonte: Ascom AAPPE/Ires