SmartEduca: Ires lança campanha para arrecadar celulares usados e doar a estudantes para aulas online durante a pandemia

Sabe aquele smartphone que você não usa mais e que está guardado no fundo da sua gaveta? Com ele, você pode mudar a vida de um estudante do Instituto Bilíngue de Qualificação e Referência em Surdez (Ires). Devido a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), as aulas ganharam um formato à distância em todo o país e não foi diferente com os alunos do Ires. No entanto, muitos deles se encontram em situação de vulnerabilidade social e não possuem um aparelho eletrônico para participar das aulas remotas.

Foi diante desta situação, que o Instituto lançou a Campanha SmartEduca, que que tem como objetivo arrecadar aparelhos celulares usados, mas em bom estado, para distribuir aos alunos do Ires que não possuem o equipamento.

Atualmente, o Ires tem 235 alunos matriculados, que possuem entre deficiência auditiva ou intelectual e que estão inseridos no Atendimento Educacional Especializado (AEE) e na Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai). Porém, grande parte deles não possuem um celular ou acesso à internet em casa, o que interfere diretamente da aprendizagem neste período de pandemia e aulas à distância.

Com este cenário, um aparelho celular seria um fator de grande importância e determinante para a educação desses jovens. Uma forma não apenas de manter as aulas em dia, mas, principalmente, uma forma de inclusão e acessibilidade.

Doação

As doações devem ser entregues na sede do Ires, que fica localizadas na Avenida Dr. Antônio Gomes de Barros (antiga Amélia Rosa), n° 66, no bairro da Jatiúca, em Maceió. O Ires funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Em caso de dúvidas, deve-se entrar em contato com o Instituto por meio do contato: (82) 9 9331-0048.

Como forma de agradecer pelas doações, o Ires organizou ainda um sorteio que será realizado entre os doadores de uma mini-oficina de Língua Brasileira de Sinais (Libras), desenvolvida remotamente, com três encontros completos mais um de feedback.

Fonte: Ascom AAPPE | IRES

03/09/2020