Teste da Orelhinha: Um direito do Bebê

Teste da Orelhinha: Um direito do Bebê

O que é o Teste da Orelhinha?

É o método mais moderno para o diagnóstico de problemas na audição em recém-nascidos. É um exame objetivo que avalia a funcionalidade da porção sensorial da orelha, mais especificadamente das células ciliadas externas, localizadas na cóclea (orelha interna) a sua realização consiste na colocação de um fone acoplado a um computador na orelha do bebê que emite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas que a orelha do bebê produz. É indolor, não precisa de picadas ou sangue do bebê e não tem contra-indicações. O ideal é que o exame seja realizado após 48 horas de vida do bebê e em sono natural, mais pode ser feito em pessoas de qualquer idade.

Por que é importante realizar o Teste da Orelhinha?

Qualquer bebê pode apresentar um problema auditivo congênito ou adquiri-lo após o nascimento. Estatísticas indicam que em cada 1000 recém-nascidos vivos, 2 a 6 apresentam algum tipo de perda auditiva.(JCIH-94).

A incidência da surdez em bebês é maior que outras doenças que já são avaliadas na maternidade, podemos citar como exemplo, o teste do pezinho onde é encontrada 1 alteração para 14.000 bebês testados.

A realização do exame ao nascer é de suma importância para o diagnóstico precoce da perda de audição. Estudos indicam que um bebê que tenha um diagnóstico e intervenção fonoaudiológica até os seis meses de idade pode desenvolver linguagem muito próxima a de uma criança ouvinte. O grande problema é que no Brasil, a maioria dos diagnósticos de perda auditiva acontece tardiamente, por volta dos 3 ou 4 anos, quando o prejuízo no desenvolvimento emocional, cognitivo, social e de linguagem da criança está seriamente comprometido.

Por que realizar o Teste da Orelinha na AAPPE?

A AAPPE, possui um moderno Laboratório de Audiologia, com equipamentos de ultima geração, além de uma equipe multidisciplinar especializada em atendimento aos casos de deficiência auditiva e/ou surdez composta por : Assistentes Sociais; Fonoaudiólogos Especialistas em Diagnóstico e Reabilitação Auditiva; Fisioterapeutas; Psicólogos; Pediatras; Neuropediatras; Otorrinolaringologistas e Terapeutas Ocupacionais. Portanto somos capazes de oferecer tudo o suporte terapêutico aos bebês diagnosticados, bem como, a suas famílias.

O Teste é obrigatório por lei?

Apesar da sua eficácia, o teste da orelhinha, infelizmente, ainda não é feito em larga escala. No entanto, algumas cidades brasileiras incluíram o tema na pauta municipal obrigando a realização do mesmo. Na cidade de Maceió-Al, a lei municipal 5.555/06, que torna obrigatória a realização do teste em bebês de risco não está sendo cumprida. Portanto, é dever da comunidade cobrar o direito ao teste às autoridades locais.

NÃO DEIXE DE OFERECER ESSE DIREITO AO SEU BEBÊ!

AAPPE - Associação dos Amigos e Pais de Pessoas Especiais

Rua Maria Brêda, s/n. / Maceió - Alagoas - Brasil / Fone: (82) 3377.1510 / 9331.0028
©2008 AAPPE. Todos os direitos reservados.

Produção: Jamerson Ramalho.